quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Vila Viçosa

10. Vila Viçosa


Vila Viçosa é uma bonita Vila Alentejana, sede de concelho, com uma rica história e um património invejável, sendo mesmo conhecida por “princesa do Alentejo”. Desde cedo ocupada pelo homem, Vila Viçosa apresenta vestígios arqueológicos desde tempos pré-históricos, tendo sido ocupada pelos romanos e muçulmanos até ser conquistada em 1217, durante o reinado do rei D. Sancho II.

Vila Viçosa apresenta inúmeros monumentos de grande interesse, destacando-se o Castelo do século XIII, a bonita Igreja Matriz, a Igreja e Convento dos Agostinhos, os Conventos de Santa Cruz, Capuchos, da Esperança ou o renascentista Convento das Chagas, bem como as muitas casas apalaçadas decoradas com o tradicional mármore, e a grande herança manuelina por entre pormenores arquitectónicos da vila.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Terena

9. Terena


Terena, também conhecida por São Pedro ou São Pedro de Terena, é uma bonita vila Alentejana, pertencente ao concelho do Alandroal, situada numa bonita região onde reina a paz de espírito, próxima da Ribeira e da Albufeira da Barragem de Lucifécit, e próxima da fronteira com Espanha.

As calmas ruas de Terena são caracterizadas pela bonita arquitectura Alentejana de casario rural alvo, de faixas coloridas, e orgulhoso Património, como é visível no antigo Castelo da vila, no Santuário de Nossa Senhora da Boa Nova, na Igreja Matriz de São Pedro de fundação anterior ao século XIV, na bonita Igreja da Misericórdia (século XVI), na Capela de Santo António (erguida em 1657), nas Ermidas de São Sebastião, de Nossa Senhora da Conceição da Fonte Santa ou mesmo nas ruínas da Ermida de Santa Clara.

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Mértola

8. Mértola

Com vestígios que remontam ao Neolítico, o Concelho de Mértola apresenta, actualmente, sítios arqueológicos que nos permitem regressar ao passado sem a ajuda da máquina do tempo.

Apesar da concentração de vestígios na Vila de Mértola (Criptopórtico, Torre Couraça, casa romana e vias romanas), podem também encontrar-se vestígios de menor dimensão em todo o Concelho.

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Castelo de Vide

7. Castelo de Vide


Situada nas fraldas da serra de São Mamede, a vila de Castelo de Vide é uma das mais pitorescas localidades no norte alentejano. O carácter romântico da vila de Castelo de Vide, associado aos seus jardins, abundância de vegetação, clima ameno e proximidade da serra de São Mamede, tornou-a conhecida por “Sintra do Alentejo” (esta designação é atribuída ao rei D. Pedro V).

Diversos são os monumentos e locais da interesse da vila, destacando-se o alto do seu Castelo e os bonitos panoramas, mas também a “Judiaria”, um dos exemplos mais importantes e bem preservados da presença judaica em Portugal, remontando ao século XIII, preservando-se aqui igualmente um dos maiores espólios de arquitectura civil do período gótico.

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Porto Côvo

6. Porto Covo


Fonte de inspiração de poetas e cantores, Porto Covo desde sempre encantou os seus visitantes logo num primeiro olhar. Em meados do século XVIII, Porto Covo não passava de um pequeno lugar implantado na arriba, próximo de uma pequena enseada. Sabe-se que em 1780 o pequeno povoado resumia-se a quatro casas apenas.

Apesar de cada vez mais procurada e hoje em dia com mais oferta de alojamento e comércio, as suas ruas ofuscam o visitante com as suas casas caiadas de um branco irrepreensível. Com o mar azul de pano de fundo, Porto Côvo envolve-nos pelas suas belas paisagens, seja de magníficas praias, seja de planícies tipicamente alentejanas.

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Marvão

5. Marvão

Bem próxima com a fronteira de Espanha, situada entre Castelo de Vide e Portalegre, no ponto mais alto da bonita Serra de São Mamede, na região Alentejana, encontra-se a encantadora Vila de Marvão.

Num ambiente de paz de espírito e tranquilidade, rodeada por muralhas do século XIII e do século XVII, Marvão ergue-se bem alta esta histórica vila de ruas sinuosas e branco casario, mostrando que o tempo não é tão rápido e veloz como tantas vezes parece.

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Arraiolos

4. Arraiolos


Arraiolos possui muitos locais de interesse dos mais variados tipos. No que toca a aspectos Histórico-Culturais destaca-se o Castelo de Arraiolos, um dos únicos castelos circulares do Mundo. No património Paisagistico de destacar, entre várias, a Albufeira do Divor e a Zona de Vale de Paio, zona de passagem do Rio Divor, acessível através Ecopista de Arraiolos.

De destacar os Tapetes de Arraiolos, com séculos de história, bordados à mão por gerações e gerações de bordadeira, fazem parte do artesanato mais conhecido de Portugal, estando a ser preparada a sua candidatura a Património Da Humanidade.

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Monsaraz

Monsaraz


A vila de Monsaraz, ainda hoje envolta pelas suas muralhas medievais, ergue-se sobre urna pedregosa escarpa dominadora de uma vasta região que inclui o vale do Guadiana, situação privilegiada propícia a uma presença humana muito remota, embora não haja certeza acerca de uma ocupação castreja ou mesmo romana.

Por entre lojas de artesanato local e velharias, está um rico património de onde se destacam a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Lagoa (séculos XVI e XVII), os Antigos Paços da Audiência (séculos XIV e XVI), a Ermida de São Bento, a Torre de São Gens do Xarez ou a Ermida de Santa Catarina de Monsaraz (nos arredores).

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Elvas

2. Elvas


Às portas de Espanha, distando apenas 8 km (em linha recta) da cidade de Badajoz, Elvas foi a mais importante praça-forte da fronteira portuguesa, a cidade mais fortificada da Europa, tendo sido por isso cognominada “Rainha da Fronteira”.

Toda a cidade é dona de um património riquíssimo, contando mesmo com um imenso espólio de monumentos megalíticos, bem como um bom acervo arqueológico da época pré e romana. Da época medieval são de realçar o bonito Castelo do século XIII de Elvas, a Igreja de São Domingos ou a Igreja de São Pedro do século XII.

Os 10 locais mais bonitos do Alentejo - Évora

1. Évora


Évora deve o seu nome original Ebora aos Celtas e é uma das cidades históricas mais belas do mundo. Os Romanos construíram o seu templo glorioso em honra do imperador Augusto e a nobreza portuguesa mandou erguer palácios imponentes, capelas, conventos, igrejas e a majestosa catedral gótica.

Os cafés com esplanadas convidam-no a relaxar, enquanto os bares e restaurantes oferecem uma viagem gastronómica pela região sul do país. Deixe as preocupações do mundo moderno e acolha o charme de Évora – a cidade mais romântica do Alentejo! Contemple a história romana de Évora no Templo de Diana ou passeie pela zona mourisca a norte da cidade. Uma das principais atracções de Évora é a Capela dos Ossos, onde centenas de ossadas humanas expostas nas paredes e no tecto ficarão certamente gravadas na sua memória.

Brotas - Igreja Matriz de Brotas - Santuário de Nossa Senhora das Brotas (Brotas, Mora, Évora)


domingo, 15 de outubro de 2017

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

terça-feira, 5 de setembro de 2017

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Estremoz - Casa da Balança


sexta-feira, 21 de julho de 2017

Beja recebe em setembro Campeonato Europeu de Horseball


O Município de Beja recebeu um convite da Federação Internacional de HorseBall (FIHB) para a organização da FIHB WHR Champions League em 2017. Este convite vem confirmar o reconhecimento da experiência e qualidade demonstrada na organização de competições internacionais no Salão do Cavalo, integrado na Ruralbeja, desde 2014.

De 28 a 30 de Setembro, Beja receberá no Parque de Feiras e Exposições, cerca de 140 jogadores de diferentes países, estimando-se mais de 2000 visitantes. A aposta neste tipo eventos pretende contribuir para a dinamização da economia local, assegurando ainda a projeção de Beja além fronteiras, afirmando assim a estratégia do Município de Beja ao nível da promoção de eventos de qualidade e caráter internacional.

Para informações adicionais consultar
http://www.fihb.net/docs/competition/FIHB%20CLs%202017%20-%20Beja%2028..300917%20-%20preliminary%20program%20-%20ver.1.0.pdf

quarta-feira, 12 de julho de 2017

domingo, 9 de julho de 2017

Centro Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja (CEUSPCI) abre portas no espaço a 12 de julho


Protocolado a 6 de Junho de 2016, o Centro Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja (CEUSPCI) abre agora portas no edifício emblemático do antigo Clube Bejense, na próxima quarta-feira, dia 12 de julho. Este Centro resulta de uma vontade expressa do Município de Beja, da UNESCO, e parceiros como a Direção Regional de Cultura do Alentejo, o Centro Nacional de Cultura, a Fundação Aga-Khan, o CENA - Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espectáculo e do Audiovisual, a MODA – Associação do Cante Alentejano e a Confraria Gastronómica do Alentejo, em salvaguardar e promover as várias manifestações do património cultural intangível.

Num momento em que, resultado das últimas inscrições portuguesas na Lista Representativa da UNESCO, o Património Cultural Imaterial ganha um espaço de reconhecimento cada vez mais amplo na consciência colectiva, o CEUSPCI pretende assumir a missão de potenciar essa consciência, procurando a sua integração no trajecto de vida das populações. A inventariação de práticas e saberes populares, a promoção o Cante Alentejano e outras manifestações musicais tradicionais e a implementação do programa UNESCO “Tesouros Humanos Vivos”, valorizando os portadores de memória e sabedoria de inegável valor universal, são alguns dos objectivos que este Centro UNESCO pretende assumir.

A criação deste Centro deve ser, por isso, vista como uma reacção à crescente debilidade demográfica do interior, em particular do Alentejo, que partindo da valorização das suas gentes pretende projectar uma sociedade para o futuro ancorada nas práticas e memórias que estes patrimónios imateriais evocam.

As atividades de dia 12 de julho, dedicado à inauguração do Centro UNESCO, terão início pelas 9h00 com o atelier para crianças “Artes e Ofícios d’Antigamente” e continuará com uma cerimónia agendada para as 18h00, no edifício do antigo Clube Bejense, Rua do Sembrano. Terá ainda lugar a apresentação da exposição fotográfica Cante: Alma do Alentejo da foto-jornalista Ana Baião e um apontamento musical a cargo das Vozes Búlgaras Angelite e Cantadores do Desassossego que atuam no mesmo dia, pelas 22h00, na Praça da República, com a participação de António Zambujo.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Festival Romano – Alter do Chão


De 7 a 9 de Julho Alter do Chão acolhe o Festival Romano. Evento de enorme relevância na promoção e divulgação do património romano do concelho e da região, a nível nacional e internacional.

Segundo a lenda alterense, referida por diversos autores, entre os quais Pinho Leal, no séc. XIX, pretendemos substituir o carácter bélico da mesma por paz e confraternização entre o Imperador e a população abelteriense, realizando 3 dias de festa em homenagem ao divino Adriano, pela sua deslocação à cidade de Abelterium. Para o efeito recria-se historicamente esse evento, através da realização dos Ludi Abelteriensis (Jogos/Festas de Abelterium).

O Festival Romano em Alter do Chão é sem dúvida um extraordinário palco da recriação histórica do período romano valorizando a Educação Patrimonial, numa numa pedagogia viva que se cruza com a História, a Arte e a Cultura.
A atração turística de impacto na economia local é um dos objetivos deste projeto, bem como o seu papel pedagógico, a participação das escolas e das coletividades na promoção da história e da identidade de Alter do Chão.

O que visitar em Abelterium:
Porta de Abelterium, Muralha da Cidade, Templo do Forum, Mercado (as trocas comerciais serão efectuadas com moeda romana cujo câmbio será realizado nas Casas da Moeda), Via Hadriana (zona de espectáculos), Área pedagógica, Centro Interpretativo da Casa da Medusa (1.º andar), Laboratório de Antropologia, “Imaginarium” (espaço pedagógico), Biblioteca Imperial, Exposição de armamento e jogos lúdicos, Laboratório de Arqueologia / Laboratório de Conservação e Restauro / Reservas de Arqueologia, Casa da Medusa (sítio arqueológico, visitas guiadas teatralizadas), Secretariado / Casa da Moeda / Loja de Turismo.

Recriações Históricas:
Patrulhamento militar, representações brejeiras do quotidiano, malabarismos, acrobacias, escaramuças, rameiras de Baco, filhas de Hades, ninfas, visitas teatralizadas (Grupo Alterense de Cultura), “A Lenda do Imperador Adriano” – representada pelas crianças de Abelterium (Atividades de Enriquecimento Curricular de Arqueologia), entre outras.

Está a chegar mais uma edição do Festival Romano de Alter do Chão!
Recue aos tempos do Império Romano em Alter do Chão!
Venha conhecer os jogos em homenagem ao imperador Adriano na cidade de Abelterium!
Vista-se a rigor e passe um fim-de-semana diferente...

domingo, 25 de junho de 2017

Postais do Alentejo - Vila Nova de São Bento - A Norinha


Postais do Alentejo - Vila Nova de São Bento - Capela de Nossa Senhora do Desterro de 1636


Postais do Alentejo - Vila Nova de São Bento - Uma Casa


Postais do Alentejo - Vila Nova de São Bento - Rua do Carril e de Frei Bento


Postais do Alentejo - Vila Nova de São Bento - Rua do Carril


Postais do Alentejo - Vila Nova de São Bento - Mosteiro de São Bento


Postais do Alentejo - Vila Nova de São Bento - Estação dos Correios


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos